atendimento@clinicapsicossoma.com.br

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Como a doença de Alzheimer afeta os familiares?



Com as dúvidas e incertezas sobre o futuro, a grande responsabilidade, a inversão de papéis onde os filhos passam a se encarregar dos cuidados de seus pais, além da enorme carga de trabalho e sobrecarga emocional, acabam por gerar no meio familiar intenso conflito e angústia. A sensação de estar só, isolado, desamparado e a inevitável pergunta "por que isso está acontecendo comigo?" submete aos cuidadores a enorme pressão psicológica acompanhada de depressão, estresse, queda da resistência física, problemas de ordem conjugal, etc...
À medida que os familiares conhecem melhor a doença e sua provável evolução, vários recursos e estratégias podem ser utilizados com sucesso. É fundamental que os familiares saibam que sempre há algo a se fazer, sempre é possível melhorar a qualidade de vida dos pacientes e dos familiares. Existem doenças incuráveis, porém não existem pacientes "intratáveis".
Amor e carinho contra a doença de Alzheimer!

Por: Regiane Foroni Martins - Psicóloga CRP: 06/109263
Fonte: Associação Brasileira de Alzheimer








Nenhum comentário:

Postar um comentário