atendimento@clinicapsicossoma.com.br

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Suporte Psicológico para pacientes com AVC (acidente vascular cerebral)



AVC isquêmico ou acidente vascular cerebral isquêmico se dá pelo comprometimento de alguma artéria cerebral. Dizemos que o AVC é isquêmico quando há uma obstrução da artéria, impedindo a passagem de oxigênio para as células cerebrais, que morrem - essa condição é chamada de isquemia. A diferença do AVC isquêmico para o AVC hemorrágico é o que segundo decorre do rompimento de um vaso, e não de seu entupimento. A obstrução da artéria pode acontecer por um trombo, que é um coágulo de sangue que se junta à parede do vaso sanguíneo, ou por um êmbolo, que nada mais é do que um trombo que se desloca pela corrente sanguínea até ficar preso em um vaso sanguíneo menor que sua extensão. As artérias que mais entopem são a carótida interna do pescoço ou a artéria cerebral média dentro do cérebro.
Um individuo vitima de AVC quando se recupera, normalmente, tem sequelas que o impedem de realizar as atividades do cotidiano como antes. Em suma essas limitações trazem muitas angustias e sofrimento, tanto para o paciente quanto para seus familiares e cuidadores, que vivem de perto as dificuldades de lidar com a situação. Essas mudanças, por vezes, geram sobrecarga aos cuidadores e mudanças de papéis no contexto familiar, isso normalmente ocorre quando o paciente é arrimo de família.
Um olhar mais atento e suporte psicológico, a ambos, se fazem necessários uma vez que os familiares também são afetados pela situação traumática vivida pelo paciente, e cada paciente e familiar vai sentir essa nova situação de uma maneira distinta.
Os principais fatores de risco do AVC isquêmico são:
·         Hipertensão;
·         Doenças cardiovasculares;
·         Colesterol alto;
·         Obesidade;
·         Diabetes tipo 2;
·         Uso de drogas ilícitas, como cocaína;
·         Tabagismo;
·         Uso excessivo de álcool;
·         Idade avançada entre outros.

Aline Gomes
Psicóloga – CRP: 06/102412
Psicologia Hospitalar e Neuropsicologia

Nenhum comentário:

Postar um comentário