atendimento@clinicapsicossoma.com.br

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Família idealizada



A família continua sendo objeto de profundas idealizações, nos dias atuais, as influências pelas quais vem passando, tem tornado praticamente impossível que se possa aceitar a ideia de um único modelo “adequado” de família.
Das famílias nucleares, com pai, mãe e filhos, às famílias ampliadas que englobavam os parentes mais próximos, a família contemporânea comporta uma variedade de tipos de famílias que se diferenciam em muito.
Há famílias monoparentais em que apenas um dos pais é responsável pela chefia da família, famílias homoparentais formadas por casais homoafetivos e outras, além dos casos de separação e novos casamentos.
Assim, dentro dos referenciais sociais culturais de nossa época e de nossa sociedade, cada família terá uma versão de sua história, a qual dá significado à experiência vivida. No entanto trabalhar com famílias requer a abertura para uma escuta, a fim de localizar os pontos de vulnerabilidade, mas também os recursos disponíveis. Sendo que é importante se destacar que assim como o amor materno, a família ideal também se trata de uma ideologia e que precisa ser desnaturalizada.

Regiane Foroni Martins
Psicóloga Comportamental Cognitiva CRP: 06/109263

Nenhum comentário:

Postar um comentário